Base de Conhecimento

Como usar o DNS público do Google?

O DNS, sigla em inglês para Domain Name Service (Sistema de Nome de Domínios) é um servidor responsável por transformar endereços IP em URLs amigáveis. Para exemplificar, imagine que o site http://www.techtudo.com.br esteja hospedado na máquina cujo endereço IP é 192.168.5.5. Se não houvesse servidores DNS, sempre que quiséssemos acessar o TechTudo, teríamos que ir na barra de URL de nosso navegador e digitar o número 192.168.5.5.

Especialista alerta para softwares que alteram DNS para facilitar ataques

Agora, imagine memorizar dezenas de números IPs, um para cada site que fôssemos acessar. Logicamente, isso é algo humanamente impossível. Por isso, foram criados os servidores DNS.

O protocolo DNS revolucionou a maneira como utilizamos a internet, possibilitando uma acessibilidade muito maior aos usuarios (Foto:Reprodução/jcnet) O protocolo DNS revolucionou a maneira como utilizamos a internet, possibilitando uma acessibilidade muito maior aos usuarios (Foto:Reprodução/jcnet)

Eles armazenam, num enorme banco de dados, os endereços IPs de diversos sites e seus respectivos nomes amigáveis. Assim, sempre que alguém digita na barra de URL “techtudo.com.br”, este servidor automaticamente consulta qual o número IP deste site e redireciona o navegador. Para nós, humanos, é muito mais fácil memorizarmos palavras do que números.

Google Public DNS

Várias empresas possuem serviços de resolução de DNS, dentre elas, temos a Google. O DNS Público da Google, ou Google Public DNS, em inglês, é o maior e mais usado serviço público do mundo, desde 2012. Lançado em 2009, hoje em dia o DNS público da Google manipula mais de 70 bilhões de requisições por dia. Um número realmente impressionante.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Por que usar o DNS da Google?

Se todos os servidores DNS têm, basicamente, a mesma função, por que o do Google é tão usado e melhora tanto a conexão do usuário? A resposta para essa pergunta é que os servidores DNS da Google possuem vários benefícios relacionados a velocidade de resolução e eficiência.

Eles fazem uso do encaminhamento por anycast, tecnologia que sempre envia os usuários para o data center mais próximo. Os servidores da empresa são capazes de identificar e gerenciar até mesmo tráfico malicioso e possuem dois níveis de cache. O primeiro é destinado aos sites mais acessados pelo usuário. Já o segundo é responsável pela resolução do endereço dos demais site.

Essa divisão de caches é importante pois reduz a fragmentação e a taxa de erros de cache. Além disso, a privacidade é um ponto levado à sério. A Google apenas mantém em seus servidores as informações referentes à provedora de Internet, à localização do usuário e o endereço IP, que é apagado após 24 horas.

Qual o melhor ou mais estável DNS para se usar? Veja a opinião dos usuários no Fórum TechTudo

Como usar o Google Public DNS?

A Google possui dois servidores DNS, o preferencial e o alternativo. Ambos são bem fáceis de decorar: 8.8.8.8 (preferencial) e 8.8.4.4 (alternativo). Para começar a usá-los em sua conexão, siga estes passos.

Passo 1. Se você usa Windows 10 ou 8, acesse as configurações de seu computador e clique em “Rede e Internet”. Se usa Windows 7 ou anterior, vá até ao Painel de Controle e clique em “Rede e Internet” também.

Caminho para acessar configurações de rede no Windows 10. (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)Caminho para acessar configurações de rede no Windows 10. (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)

Passo 2. Na parte debaixo da tela, clique em “Alterar opções de adaptador”;

Opção fica na seção Configurações Relacionadas. (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)Opção fica na seção "Configurações Relacionadas". (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)

Passo 3. Clique com o botão direito do mouse sobre a sua conexão ativa e, no menu suspenso que surgir, clique em “Propriedades”;

Acessando a tela de propriedades do adaptador de rede (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)Acessando a tela de propriedades do adaptador de rede (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)

Passo 4. Na nova janela que surgir, selecione “Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4) e depois clique em “Propriedades” novamente;

Acessando a tela de propriedades do protocolo TCP/IP (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)Acessando a tela de propriedades do protocolo TCP/IP (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)

Passo 5. Por fim, marque a opção “Usar os seguintes endereços de servidor DNS” e, em “Servidor DNS preferencial” digite 8.8.8.8 e em “Servidor DNS alternativo” digite 8.8.4.4. Clique em “Ok” na sequência.

Utilizando o endereço do Google Public DNS. (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)Utilizando o endereço do Google Public DNS. (Foto: Reprodução/Alessandro Junior)

Pronto! Agora o DNS público do Google já está ativado e você poderá desfrutar de uma conexão mais estável e rápida.

Esta resposta lhe foi útil?

 Imprimir este Artigo

Veja também

Como resetar as configurações do Chrome sem perder aplicativos e favoritos

Restaurar as configurações originais do Google Chrome pode ser a solução para travamentos,...

Lentes do Google podem vir com microcâmeras embutidas, revela patente

As lentes de contato inteligentes do Google devem vir com câmeras embutidas. Pelo menos é o que...

Como remover malware 'trackid=sp-006' da busca do Google

O trackid é um vírus que infecta o Chrome e modifica o sistema de buscas do navegador, fazendo...

Powered by WHMCompleteSolution